MIS Cine Santa Tereza - Outubro - Santa Tereza Tem
Logo

Agenda

Carregando Eventos

« Todos Eventos

  • Este evento já passou.

MIS Cine Santa Tereza – Outubro

2 out, 2019 as 19:30 31 out, 2019 as 19:30

Livre

Dia 2, quarta-feira, às 19h30
Diálogos Cuba Brasil Vol. 2
A coletânea objetiva a reflexão sobre as estruturas políticas e institucionais do Brasil e de Cuba tendo como horizonte a América Latina. São estudos sobre a contraditória realidade contemporânea, que também apontam caminhos para uma sociedade por vir.
Mira (Eva Queiroz / Filipe Freitas / João Flores / Leandro Lara / Pablo Lobato / Sérgio Borges | Brasil / Cuba | 2001 | Documentário | 56 min | Legendado )
Documentário rodado em Cuba, há 20 anos, por jovens diretores brasileiros. Visitando a ilha pela primeira vez, durante o 40º aniversário da revolução, eles submergiram no complexo e contraditório universo cubano. Mira constrói um mosaico de situações em que pessoas comuns, personagens que vivem o dia a dia daquela realidade, nos conduzem por suas cubas particulares. Os temas revolucionários se fundem à vivência cotidiana e nos revelam um país fascinante em seus contrastes. Classificação indicativa: livre.

Cine Santa Tereza – programação – Documentário Mira

Dia 3, quinta-feira, às 19h30
Missão 115
(Silvio Da-Rin | Brasil | 2018 | Documentário | 97 min) Missão 115 foi o nome atribuído pelo DOI-CODI (órgão de repressão do exército durante a ditadura militar) a uma suposta operação de “vigilância” no Riocentro em 1981. Na verdade, tratava-se de um atentado à bomba, frustrado, que visava sabotar a redemocratização do país. Pela primeira vez o ex-policial Cláudio Guerra – um dos membros daquela equipe de terroristas – conta em detalhes como a operação foi planejada e executada. Os trabalhos da Comissão Nacional da Verdade também jogam novas luzes sobre o episódio. Classificação indicativa: 10 anos.

Cine Santa Tereza – programação – Documentário Missão 115

Dia 4, sexta-feira, às 19h
Pembele Manzo: Território Ancestral
(Januaceli Murta | Brasil | 2019 | Documentário | 62 min)
O filme aborda o tema da intolerância religiosa, documentando a diversa expressão cultural do Quilombo Urbano Manzo N’gunzo Kaiango, reconhecido como Patrimônio Cultural Imaterial da cidade de Belo Horizonte. Exemplo de resistência, o Quilombo tem ainda histórias de coragem. Classificação indicativa: livre.

Pembele Manzo: Território Ancestral

Dia 5, sábado
17h Sessão de curtas da Escola Livre de Cinema
Classificação indicativa: 14 anos.
19h30 Sessão de curtas da Escola Livre de Cinema
Classificação indicativa: 14 anos.
A Escola Livre de Cinema de Santa Tereza produz com seus alunos diversos curtas durante os cursos. Neste sábado será o lançamento dos filmes desenvolvidos no primeiro semestre.

Dia 6, domingo, às 17h e às 19hCurta Doc Pedro de Filippis

Aqueles Tempos
Em uma pequena cidade industrial no Norte da Hungria, um motorista de van organiza um show de uma antiga banda de rock para reencontrar um amor do passado.

Nadir
Em um pequeno observatório nos arredores de Budapeste, um astrofísico planeja ir à lua. Em sua pequena cúpula, o microuniverso se transforma em macro, dando vida a seus planos.

Ora Ye Ye O!
O diretor tenta entender a reencarnação de sua avó, que também se apresentou como filha de Oxum, mãe das águas doces.

Estamos Todos Aqui
O encontro entre um cineasta e um prisioneiro leva a uma reflexão sobre a condição compartilhada: falta de liberdade. O detento número 70 não consegue lidar com sua condição nem fazer planos para sua vida fora da prisão, pois afirma se sentir mais aprisionado ainda quando está em convívio social. O diretor tenta encontrar sua própria ideologia, abalada pelo preso que lentamente torna-se seu professor.
Classificação indicativa: 12 anos.

ITINERÂNCIA MOSTRA ECOFALANTE
Dia 12, sábado Às 17h | SESSÃO DE CURTAS (55 min)
Dois Trens (Rússia, 10 min)
Strollica (Itália, 10 min)
O Sonho da Galinha (Estônia, 5 min)
Caminho dos Gigantes (Brasil, 12 min)
Dara – A Primeira Vez que Fui ao Céu (Brasil, 18 min)
Classificação indicativa: livre.

Dia 13, domingo
17h – O Botanista (The Botanist | Husaruk / Maxime Lacoste-Lebuis | Canadá | 2016 | Documentário | 20 min | Legendado)
Após a queda da União Soviética, o Tajiquistão, uma antiga República Soviética, mergulhou em uma devastadora guerra civil. A fome atingiu a região montanhosa do Pamir, onde Raïmberdi, um botânico apaixonado e engenhoso, construiu sua própria estação hidrelétrica para ajudar a sua família a sobreviver à crise.
Classificação indicativa: livre.

Ausência de Damascos (The Absence of Apricots | Daniel Asadi Faezi | Alemanha / Paquistão | 2018 | Documentário | 49 min | Legendado) Uma vila nas montanhas do Norte do Paquistão. Um dia, um deslizamento de terra congestionou um rio. Milhares de casas e campos foram inundados. Aldeias desapareceram. O que resta são as pessoas e suas histórias (transmitidas de uma geração para outra) e os fantasmas, que ainda estão perambulando pela região. Classificação indicativa: livre.

Dia 13, domingo, às 19h
Obon (Andre Hörmann /Anna Samo | Alemanha | 2018 | Documentário | 15 min | Legendado)
Em um curto documentário de animação, Akiko Takakura, uma das últimas sobreviventes da bomba atômica lançada em Hiroshima, conta sua história de vida. Nesta narrativa, impressionante tanto visual quanto emocionalmente, ela descreve como, em meio a terror e pesadelos, encontrou um raro momento de proximidade com seu pai. Classificação indicativa: livre.

Ma’Ohi Nui (Annick Ghijzelings | Bélgica | 2018 | Documentário | 113 min | Legendado) Por trinta anos, no final do século XX, o povo do Taiti sobreviveu a dezenas de testes nucleares do governo francês em sua costa. Desde que o país foi colonizado, em 1880, as explosões deixaram o povo taitiano vasculhando os restos de suas ilhas e cultura, em um esforço para manter vivos seus conhecimentos tradicionais.
Classificação indicativa: livre

Ma’Ohi Nui

Dia 15, terça-feira
17h30 – Yover (Edison Sánchez | Colômbia | 2018 | Documentário | 14 min | Legendado)
Yover tem apenas doze anos, mas precisa trabalhar. Todos os dias ele pedala pelas ruas da nova Bojayá – um povoado sobrevivente do massacre mais sangrento da guerra na Colômbia.

Homens e Caranguejos (Paulo de Andrade | Brasil | 2017 | Documentário | 25 min)
Josué está apenas começando a abrir os olhos para o espetáculo multiforme da vida e o que ele encontra é um mar de miséria.

Cartucho (Andrés Chaves Sánchez | Colômbia | 2017 | Documentário | 55 min) Na Colômbia, um rico bairro colonial formado por famílias e comércios tradicionais, tornou-se o lar de centenas de sem-teto e criminosos. Suas ruas e casas antigas tornaram-se locais de consumo de crack. Classificação indicativa: livre.

Homens e Carangueijos

19h30 – Jardim de Guerra (Neville D’Almeida | Brasil | 1968 | Drama | 100 min)
Um jovem amargurado e sem perspectivas apaixona-se por uma cineasta. Injustamente acusado de terrorismo por uma organização de direita, ele é preso, interrogado e torturado. Classificação indicativa: livre.

Jardim de Guerra

Dia 16, quarta-feira
17h30 – A História do Porco em (Nós) (De Geschiedenis Van Het Varken (in nos) | Jan Vromman | Bélgica | 2017 | Documentário | 120 min | Legendado)
Histórias e imagens de porcos – animais que nos causam repulsa e desejo – estão presentes em todo o mundo. A maneira como os tratamos reflete-se em nossas ações como ‘seres humanos’. Poderiam esse glutões ser uma metáfora da nossa ganância infinita? Classificação indicativa: livre

A História do Porco em (Nós)

. 19h30 Memórias do Oriente (G.J. Ramstedtin Maailma | Niklas Kullström / Marti Kaartinen | Finlândia | 2018 | Documentário | 86 min | Legendado) Um inesperado filme de viagem à Mongólia e ao Japão dos dias atuais, no Extremo Oriente. Uma história sobre as viagens do linguista e diplomata finlandês G. J. Ramstedt ao “velho mundo das crenças e tradições”, substituído hoje por ideologias e pela economia de mercado.
Classificação indicativa: livre.

Memórias do Oriente

Dia 17, quinta-feira
Às 17h30 – Mulheres Contra a Aids (Nothing Without Us: The Women Who Will End AIDS | Harriet Hirshorn | EUA | 2016 | Documentário | 70 min | Legendado)
O filme conta a inspiradora história do papel essencial que as mulheres têm desempenhado na luta global contra o HIV/AIDS. Classificação indicativa: livre.

Mulheres Contra a Aids

19h30 Utopia e Barbárie (Sílvio Tendler | Brasil | 2009 | Documentário | 120 min) A fim de fazer uma reconstrução narrativa do Brasil e do mundo durante a Guerra Fria, o filme faz paralelos entre as experiências vivenciadas pelo diretor e os acontecimentos ao redor do mundo. Este road movie documentário passa pela Itália, EUA, Brasil, Vietnã, Cuba, Uruguai, Chile, entre outros, mostrando lugares e protagonistas da história. Classificação indicativa: livre.

Dia 18, sexta-feira
17h30 Ebola : Sobreviventes (Survivors | Arthur Pratt | EUA | 2018 | Documentário | 83 min | Legendado)
O surto de ebola na Serra Leoa é uma das mais graves crises de saúde pública dos últimos tempos. Através das lentes de um cineasta (e pastor) serra-leonês, seguimos as histórias de três personagens no epicentro da epidemia. Classificação indicativa: livre.

Ebola : Sobreviventes

19h30 Bem vindo a Sodoma (Welcome To Sodom | Florian Weigensamer / Christian Krönes | Áustria / Gana | 2018 | Documentário | 92 min | Legendado)
Agbogloshie, um dos lugares mais contaminados do planeta, é o maior depósito de lixo eletrônico do mundo. Cerca de seis mil mulheres, homens e crianças vivem e trabalham aqui. Eles o chamam de SODOMA.
Classificação indicativa: livre.

Bem vindo a Sodoma

Dia 19, sábado
Às 17h Superalimentos (The Superfood Chain | Ann Shin | Canadá | 2018 | Documentário | 70 min | Legendado)
Todos os anos um novo “superalimento”, com propriedades nutricionais extraordinárias é apresentado ao ocidente. Este filme explora os fatos e mitos por trás dos superalimentos e revela o efeito cascata dessa indústria sobre as famílias de agricultores e pescadores mundo afora. Classificação indicativa: livre.

Superalimentos

19h O Fio da Meada (Sílvio Tendler | Brasil | 2019 | Documentário | 77 min) O filme mostra a luta de povos tradicionais brasileiros contra a urbanização opressora. Neste documentário, Silvio Tendler instiga a denuncia a violência nos campos e nas comunidades tradicionais, cada vez mais ameaçados pela ação do homem em nome do progresso. Classificação indicativa: livre.

O fio da meada

Dia 20, domingo
17h Frente Atômica (Atomic Homefront | Rebecca Cammisa | EUA | 2017 | Documentário | 96 min | Legendado)
A cidade de Saint Louis, nos EUA, tem um passado nuclear pouco conhecido: ela abrigou um centro de processamento de urânio para a produção da bomba atômica. O filme traz à luz os devastadores efeitos tóxicos de longo prazo que os resíduos nucleares causam nas comunidades. Centrado em um grupo de mães que se tornam ativistas, o filme as acompanha em um enfrentamento com a Agência de Proteção Ambiental estadunidense, os reguladores estaduais e as corporações por trás do despejo ilegal de lixo radioativo em seus bairros. Classificação indicativa: livre.

Frente Atômica – foto:HBO

19h –
Alma Bandida (Marco Antônio Pereira | Brasil | 2018 | Documentário | 15 min) Em uma pequena cidade no interior do país, jovens sem oportunidade de emprego precisam garimpar pedras em buracos fundos

32-Rbit (Victor Orozco Ramirez | México / Alemanha | 2018 | Documentário | 8 min | Legendado) Um ensaio sobre a internet, um mundo paralelo.

GIG – A Uberização do Trabalho (C. Barros / C. Angeli / M. Monteiro Filho | Brasil | 2019 | Documentário | 60 min) O avanço da chamada ‘Gig Economy’, fenômeno também conhecido no Brasil como ‘uberização’, vem despertando debates sobre a precarização e a intensificação do trabalho. Classificação indicativa: livre.

Dia 22, terça-feira
17h30 – Caçador (Leonardo Sette | Brasil | 2018 | Documentário | 20 min) Após um voo de monomotor sobre a floresta, ao chegar na aldeia para onde está se mudando, Nakuá se sente mal. Sem entender direito o que está sentindo, solitário, Nakuá se consulta com Dr. Bruno e se apresenta como caçador. Classificação indicativa: livre.

O Espanto (El Espanto | Martín Bendrimol / Pablo Aparo | Argentina | 2017 | Documentário | 67 min | Legendado)
Em um recôndito povoado da Argentina, os remédios caseiros substituem a medicina tradicional. Toda doença é tratada pelos vizinhos, exceto “o espanto”, uma enfermidade rara que só pode ser curada por um ancião que ninguém se atreve a visitar. Classificação indicativa: livre.

Caçador

19h30 Meteorito (Mauricio Sáenz | México | 2018 | Documentário | 15 min | Legendado)
Os homens-pássaro sofrem misteriosas quedas em busca do lugar onde nasce o sol. Uma realidade alterada por meio de ritos que convergem em um objetivo: morrer para gerar vida. Classificação indicativa: livre.

O Quadrado Perfeito (El Cuadrado Perfecto | Pablo Bagedelli | Argentina | 2018 | Documentário | 61 min | Legendado)
A partir de seus estudos sobre a eugenia, o diretor lança seu olhar para o mundo da criação de cães de raça pura. Entre biografias, sprays para o pelo, escritórios e teorias genéticas, é revelado todo um sistema que sustenta e reproduz as raças caninas. Classificação indicativa: livre.

O Quadrado Perfeito

Dia 23, quarta-feira
17h30- Pra Cima, Pra Baixo e Pros Lados: Cantos de Trabalho (Kho Ki Pa Lü | Anushka Meenakshi / Iswar Srikumar | Índia | 2017 | Documentário | 85 min | Legendado)
Perto da fronteira entre Índia e Mianmar encontra-se a aldeia de Phek, em Nagaland. Cerca de 5000 pessoas vivem ali e quase todas cultivam arroz para o consumo próprio. Enquanto trabalham em grupos cooperativos, os cultivadores de arroz de Phek cantam. Classificação indicativa: livre.

Pra Cima, Pra Baixo e Pros Lados: Cantos de Trabalho

Às 19h30 Golpe Corporativo (The Corporate Coup d’Etat | Fred Peabody | Canadá / EUA | 2018 | Documentário | 90 min | Legendado)
“Donald Trump não é a doença, é o sintoma.” Este filme narra a história por trás do “golpe corporativo” que se deu muito antes das últimas eleições. Tal golpe seria a origem de muitos dos problemas na democracia atual, controlada por lobistas e pelo corporativismo. Classificação indicativa: livre.

Dia 24, quinta-feira
Às 17h30
Stratum (Jacob Cartwright / Nick Jordan | Inglaterra | 2018 | Documentário | 12 min | Legendado)
Stratum captura a transformação econômica, estrutural e física de locais pós-industriais.
Sinfonia Industrial (Jasmina Wojcik | Polônia | 2018 | Documentário | 61 min | Legendado)
Ursus era uma das maiores fábricas de máquinas agrícolas da Europa. O colapso do comunismo foi o começo do fim da fábrica, e hoje seus corredores vazios caem em ruínas. Classificação indicativa: livre.

19h30 Dedo na Ferida (Sílvio Tendler | Brasil | 2017 | Documentário | 90 min)
O filme trata do fim do estado de bem-estar social em um cenário no qual a lógica homicida do capital financeiro inviabiliza qualquer alternativa de justiça social. Classificação indicativa: livre.

Dedo na ferida

Dia 25, sexta-feira
17h30 Palenque (Sebastián Pinzón Silva | Colômbia | 2017 | Documentário | 25 min | Legendado)
Uma ode a uma pequena cidade que contribuiu imensamente para a cultura e a memória coletiva da Colômbia: San Basilio del Palenque, o primeiro povoado das Américas a se libertar do domínio europeu. Classificação indicativa: livre.

Filhos de Macunaíma (Miguel Antunes Ramos | Brasil | 2019 | Documentário | 90 min) Três famílias indígenas vivem na cidade de Boa Vista, no norte do Brasil. Classificação indicativa: livre.

Palenque

19h30 – A Ilha dos Gatos (David Reeks / Renata Meirelles | Brasil | 2017 | Documentário | 52 min)
Uma ode a uma pequena cidade que contribuiu imensamente para a cultura e a memória coletiva da Colômbia: San Basilio del Palenque, o primeiro povoado das Américas a se libertar do domínio europeu. Classificação indicativa: livre.

Dia 26, sábado
17h Entremarés (Anna Andrade | Brasil | 2018 | Documentário | 20 min) No chão de lama, mulheres compartilham os seus vínculos e vivências com a maré, a pesca e a Ilha de Deus. Classificação indicativa: livre.

Parque Oeste (Fabiana Assis | Brasil | 2018 | Documentário | 70 min) Depois de ser vítima de uma violenta desocupação ocorrida no bairro Parque Oeste, em Goiânia, uma mulher reconstrói sua vida tendo como norte a luta por moradia. Classificação indicativa: livre.

Entremarés

19h – O Amigo do Rei (André D’Elia | Brasil | 2019 | Documentário | 142 min) Híbrido de documentário e ficção, o filme tem como tema a maior tragédia ambiental da História do Brasil: o rompimento da barragem da Samarco, em Mariana-MG, e suas consequências. Acompanhando de modo ficcional o cotidiano do deputado federal Rey Naldo, nos bastidores do Congresso Nacional, o filme mostra as relações íntimas existentes entre política e mineração. Documentário investigativo e ficção alegórica ao mesmo tempo, ele revela um sujeito político empresarial diluído na sociedade brasileira desde o período colonial.
Classificação indicativa: livre.

O amigo do rei

Dia 27, domingo
17h Carga Alheia (Strange Cargo | A.Denis / E. Duplan / V.Machu / M.Riesen | França | 2017 | Animação | 6 min | Legendado)
Todos os dias Ned trabalha, come e dorme em seu navio cargueiro. Um dia, seu estoque de comida acaba e ele é forçado a sair de sua rotina de conforto. Classificação indicativa: livre.

A Verdade Sobre Robôs Assassinos (The Truth About Killer Robots | Maxim Pozdorovkin | EUA | 2018 | Documentário | 82 min | Legendado) Um filme revelador que toma incidentes em que robôs causaram a morte de humanos – desde uma fábrica da Volkswagen na Alemanha até um droide policial em Dallas –, como uma janela para a automação global e suas consequências. Quando um robô mata um humano, de quem é a culpa? Classificação indicativa: livre.

19h – Um Filósofo Na Arena (Un Filosofo En La Arena | Aarón Fernández / Jésus Munõz | México / Espanha | 2018 | Documentário | 100 min | Legendado) Após sua aposentadoria, o filósofo francês Francis Wolff, grande fã de touradas, decide fazer uma viagem pela França, México e Espanha, acompanhado por dois cineastas mexicanos que nada sabem sobre esse mundo, hoje com os dias contados. Ao longo da jornada, eles encontram vários personagens com os quais refletem sobre a relação dos seres humanos com os animais e a natureza, e, acima de tudo, sobre a nossa relação com a morte e o significado da jornada que chamamos vida. Classificação indicativa: livre.

Dia 29, terça-feira
17h30 | ITINERÂNCIA MOSTRA ECOFALANTE A Cidade do Futuro (The Experimental City | Chad Freidrichs | EUA | 2017 | Documentário | 96 min | legendado) Nos anos 60, Athelstan Spilhaus teve uma visão: uma cidade futurista projetada a partir do zero na floresta isolada, para resolver a dupla crise urbana e ambiental. A cidade usaria as mais recentes tecnologias em comunicação, transporte, energia e controle de poluição, na tentativa de criar um caminho mais habitável e favorável ao meio ambiente para o século XXI. A proposta de Spilhaus rapidamente ganhou o apoio de poderosos, mas antes que a cidade ideal começasse a tomar forma, camponeses e ambientalistas se levantaram em protesto. Classificação indicativa: livre.

Dia 30, quarta-feira
17h30
Mesmo Com Tanta Agonia (Alice Andrade Drummond | Brasil | 2018 | Documentário | 20 min)
É aniversário da filha de Maria. No trajeto do trabalho para a festa, ela fica presa no metrô, que para de correr por alguns minutos.

Está Tudo Bem (Está Todo Bien | Tuki Jencquel | Venezuela / Alemanha | 2018 | Documentário | 70 min | Legendado) A dona de uma farmácia, um jovem cirurgião, um ativista social e dois pacientes com câncer enfrentam a falta de medicamentos que está no centro da crise do sistema de saúde da Venezuela. Sua rotina inclui percorrer diariamente várias farmácias em busca de remédios, que demoram a chegar e nunca vêm em quantidade suficiente. Classificação indicativa: livre

19h30 Vulcão de Lama: A Luta Contra a Injustiça (Grit | Cynthia Wade / Sasha Friedlander | EUA | 2018 | Documentário | 80 min | Legendado)
Um tsunami de lama em ebulição soterra 16 vilarejos de uma área industrial e residencial de Java Oriental, na Indonésia, desalojando mais de 60 mil pessoas. Cientistas afirmam que a tragédia se deveu às atividades de fracking (extração de gás de xisto), que acidentalmente atingiram um vulcão de lama subterrâneo. Dian, na época ainda criança, é hoje uma jovem ativista que mobiliza seus vizinhos na luta por justiça, questionando o papel do poder e do dinheiro de grandes corporações.
Classificação indicativa: livre.

Dia 31, quinta-feira
17h30 A Cura do Rio (Mariana Fagundes | Brasil | 2018 | Documentário | 19 min) Um velho conhecido da etnia Krenak, o Watú – o famoso Rio Doce – está doente. Por meio de um ritual xamânico, corpo e natureza se unem para um diálogo profético que enxerga a catástrofe, mas também a salvação do rio. O filme mostra o impacto da tragédia de Mariana em um grupo indígena Krenak.

Empate (Sérgio de Carvalho | Brasil | 2018 | Documentário | 90 min) Trinta anos após o assassinato do líder seringueiro Chico Mendes, seus companheiros de luta voltam a ser ameaçados por latifundiários. Classificação indicativa: livre.

A Biblioteca oferece, gratuitamente, empréstimo domiciliar de livros literários, informativos e quadrinhos, pesquisa orientada, além de um acervo bibliográfico especializado em cinema e audiovisual. Para fazer empréstimos, basta se cadastrar no local, apresentando documento de identidade e comprovante de residência. Menores de 12 anos precisam de autorização dos pais ou responsáveis. Funcionamento: de terça a sexta-feira, das 10h às 19h. Informações: 3277-8651

Detalhes

Início:
2 outubro as 19:30
Final:
31 outubro as 19:30
Preço:
Livre
Categoria de Evento:

MIS Cine Santa Tereza

Rua Estrela do Sul, 89, Praça Duque de Caxias, Santa Tereza
Belo Horizonte,
+ Google Map
(31) 3277-4699

Anúncios