Mostra Ecofalante no Cine Santa Tereza - Santa Tereza Tem
Logo

Mostra Ecofalante no Cine Santa Tereza

Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental é um evento anual que exibe importantes e premiadas obras cinematográficas raras ao público brasileiro. Através de filmes e debates, a Mostra amplia e enriquece discussões ambientais que envolvem a totalidade de nossa sociedade.

Dia 15, terça-feira
17h30 – Yover (Edison Sánchez | Colômbia | 2018 | Documentário | 14 min | Legendado)
Yover tem apenas doze anos, mas precisa trabalhar. Todos os dias ele pedala pelas ruas da nova Bojayá – um povoado sobrevivente do massacre mais sangrento da guerra na Colômbia.

Homens e Caranguejos (Paulo de Andrade | Brasil | 2017 | Documentário | 25 min)
Josué está apenas começando a abrir os olhos para o espetáculo multiforme da vida e o que ele encontra é um mar de miséria.

Cartucho (Andrés Chaves Sánchez | Colômbia | 2017 | Documentário | 55 min) Na Colômbia, um rico bairro colonial formado por famílias e comércios tradicionais, tornou-se o lar de centenas de sem-teto e criminosos. Suas ruas e casas antigas tornaram-se locais de consumo de crack. Classificação indicativa: livre.

Homens e Carangueijos

19h30 – Jardim de Guerra (Neville D’Almeida | Brasil | 1968 | Drama | 100 min)
Um jovem amargurado e sem perspectivas apaixona-se por uma cineasta. Injustamente acusado de terrorismo por uma organização de direita, ele é preso, interrogado e torturado. Classificação indicativa: livre.

Jardim de Guerra

Dia 16, quarta-feira
17h30 – A História do Porco em (Nós) (De Geschiedenis Van Het Varken (in nos) | Jan Vromman | Bélgica | 2017 | Documentário | 120 min | Legendado)
Histórias e imagens de porcos – animais que nos causam repulsa e desejo – estão presentes em todo o mundo. A maneira como os tratamos reflete-se em nossas ações como ‘seres humanos’. Poderiam esse glutões ser uma metáfora da nossa ganância infinita? Classificação indicativa: livre

A História do Porco em (Nós)

19h30 Memórias do Oriente (G.J. Ramstedtin Maailma | Niklas Kullström / Marti Kaartinen | Finlândia | 2018 | Documentário | 86 min | Legendado) Um inesperado filme de viagem à Mongólia e ao Japão dos dias atuais, no Extremo Oriente. Uma história sobre as viagens do linguista e diplomata finlandês G. J. Ramstedt ao “velho mundo das crenças e tradições”, substituído hoje por ideologias e pela economia de mercado.
Classificação indicativa: livre.

Memórias do Oriente

Dia 17, quinta-feira
Às 17h30 – Mulheres Contra a Aids (Nothing Without Us: The Women Who Will End AIDS | Harriet Hirshorn | EUA | 2016 | Documentário | 70 min | Legendado)
O filme conta a inspiradora história do papel essencial que as mulheres têm desempenhado na luta global contra o HIV/AIDS. Classificação indicativa: livre.

Mulheres Contra a Aids

19h30 Utopia e Barbárie (Sílvio Tendler | Brasil | 2009 | Documentário | 120 min) A fim de fazer uma reconstrução narrativa do Brasil e do mundo durante a Guerra Fria, o filme faz paralelos entre as experiências vivenciadas pelo diretor e os acontecimentos ao redor do mundo. Este road movie documentário passa pela Itália, EUA, Brasil, Vietnã, Cuba, Uruguai, Chile, entre outros, mostrando lugares e protagonistas da história. Classificação indicativa: livre.

Dia 18, sexta-feira
17h30 Ebola : Sobreviventes (Survivors | Arthur Pratt | EUA | 2018 | Documentário | 83 min | Legendado)
O surto de ebola na Serra Leoa é uma das mais graves crises de saúde pública dos últimos tempos. Através das lentes de um cineasta (e pastor) serra-leonês, seguimos as histórias de três personagens no epicentro da epidemia. Classificação indicativa: livre.

Ebola : Sobreviventes

19h30 Bem vindo a Sodoma (Welcome To Sodom | Florian Weigensamer / Christian Krönes | Áustria / Gana | 2018 | Documentário | 92 min | Legendado)
Agbogloshie, um dos lugares mais contaminados do planeta, é o maior depósito de lixo eletrônico do mundo. Cerca de seis mil mulheres, homens e crianças vivem e trabalham aqui. Eles o chamam de SODOMA.
Classificação indicativa: livre.

Bem vindo a Sodoma

Dia 19, sábado
Às 17h Superalimentos (The Superfood Chain | Ann Shin | Canadá | 2018 | Documentário | 70 min | Legendado)
Todos os anos um novo “superalimento”, com propriedades nutricionais extraordinárias é apresentado ao ocidente. Este filme explora os fatos e mitos por trás dos superalimentos e revela o efeito cascata dessa indústria sobre as famílias de agricultores e pescadores mundo afora. Classificação indicativa: livre.

Superalimentos

19h O Fio da Meada (Sílvio Tendler | Brasil | 2019 | Documentário | 77 min) O filme mostra a luta de povos tradicionais brasileiros contra a urbanização opressora. Neste documentário, Silvio Tendler instiga a denuncia a violência nos campos e nas comunidades tradicionais, cada vez mais ameaçados pela ação do homem em nome do progresso. Classificação indicativa: livre.

O fio da meada

Dia 20, domingo
17h Frente Atômica (Atomic Homefront | Rebecca Cammisa | EUA | 2017 | Documentário | 96 min | Legendado)
A cidade de Saint Louis, nos EUA, tem um passado nuclear pouco conhecido: ela abrigou um centro de processamento de urânio para a produção da bomba atômica. O filme traz à luz os devastadores efeitos tóxicos de longo prazo que os resíduos nucleares causam nas comunidades. Centrado em um grupo de mães que se tornam ativistas, o filme as acompanha em um enfrentamento com a Agência de Proteção Ambiental estadunidense, os reguladores estaduais e as corporações por trás do despejo ilegal de lixo radioativo em seus bairros. Classificação indicativa: livre.

Frente Atômica – foto:HBO

19h –
Alma Bandida (Marco Antônio Pereira | Brasil | 2018 | Documentário | 15 min) Em uma pequena cidade no interior do país, jovens sem oportunidade de emprego precisam garimpar pedras em buracos fundos

32-Rbit (Victor Orozco Ramirez | México / Alemanha | 2018 | Documentário | 8 min | Legendado) Um ensaio sobre a internet, um mundo paralelo.

GIG – A Uberização do Trabalho (C. Barros / C. Angeli / M. Monteiro Filho | Brasil | 2019 | Documentário | 60 min) O avanço da chamada ‘Gig Economy’, fenômeno também conhecido no Brasil como ‘uberização’, vem despertando debates sobre a precarização e a intensificação do trabalho. Classificação indicativa: livre.

D

Anúncios