Logo

A arte nas ruas de Santa Tereza

A arte nas ruas de Santa Tereza nesta semana, de 24 a 28 de julho

Se você encontrar um grupo de artistas pintando muros e fachadas pelas ruas de Santa Tereza não se assuste, é o projeto TAU – Território de Arte Urbana, no bairro, colorindo e fazendo arte pelas ruas.,  no período de 24 a 28 de julho. O bairro ficará ainda mais charmoso, com as criações em graffiti, pintura, instalação, fotografia,  escultura, bordado e lambe-lambe, que serão realizados ao vivo por artistas de Belo Horizonte, São Paulo e Guapé. São nove trabalhos, que formarão um circuito de obras, començando na Praça Duque de Caxias e passando pelas Ruas Mármore, Dores do Indaiá, Divinópolis e Silvianópolis. O circuito termina na Praça Joaquim Ferreira da Luz, onde acontecerão seis intervenções de muralismo e grafite no muro do metrô que contorna a parte baixa do bairro. Na praça também acontecerá a programação de encerramento da mostra no dia 28 de julho. O legal é que os moradores e visitantes poderão acompanhar de perto os artistas, vendo o início, o meio e o fim do processo de criação. As obras nas fachadas ficarão expostas para apreciação de 28 de julho a 19 de agosto e as realizadas no muro por prazo indeterminado. Artistas participantes

A obra de Camila Lacerda terá foco nos becos da Vila Dias

Entre os 15 artistas selecionados pela organização do projeto TAU,  10 são mulheres e entre elas está Camila Lacerda, “nascida e criada” em Santa Tereza. Camila é a única artista do bairro selecionada e vai reproduzir os becos da Vila Dias, no muro do metrô, em frente à Praça Joaquim Ferreira da Luz. Ela comenta que “senti-me lisonjeada, não só porque a participação no projeto foi concorrida, mas por que vou trazer um pouco da comunidade Vila Dias, para a para a parte de cima do bairro, por meio do meu trabalho. Uma forma de tratar essa questão da parte de cima e da parte de baixo de Santa Tereza”. Itamara Ribeiro: fachada do Salão da Leia – Rua Mármore Clara Valente: Mercearia do Nivaldo – Rua Mármore Tatiana Cavinato: Bar Desde 1999 – Rua Mármore Priscila Amoni: Restaurante Birosca S2 – Rua Silvianópolis Fernando Fonseca: Restaurante Sheridan – Rua Mármore Cris Rodrigues: Bar do 1000ton – Rua Mármore Zadô Luz: Santo Ofício Cowork – Rua Divinópolis Guilherme PAM: Santa Pizza – Rua Silvianópolis Karina Felipe: Bar Santê No muro do metrô: Alexandre Rato, Binho Barreto, Camila Lacerda, Denise Santos, La Nina e Iron.

Santa Pizza receber uma escultura

A Santa Pizza vai receber em sua calçada uma grande árvore feita com sucatas pelo artista Guilherme PAM. Segundo o gerente da casa Frederico Felippe, “a ideia vem da concepção de ser não só um comércio em santa Tereza, mas uma casa que participa da comunidade. Até pelas características de cultura, boemia e gastronomia, que o bairro vem se firmando como um polo turístico fora do eixo centro sul. É um reduto supertranquilo onde convive o residencial com o fervor cultural e ao mesmo tempo uma a calmaria com as crianças brincado na rua. Participar é a possibilidade de trazer arte, reforçando esse viés cultural e turístico de Santa Tereza, de forma diferente do centro, onde as pessoas passam pela arte, aqui, elas vão vivenciar a arte”.

Fachada do Restaurante Sheridan presente no TAU

 Já Restaurante Sheridan, terá o trabalho do artista Fernando Fonseca, com a técnica lambe-lambe. Para Daniel Silva, um dos proprietários do espaço, “essa é uma forma de incentivar e participar do lado cultural do  bairro. Mesmo porque temos entre nossos clientes muitos artistas e se não oferecermos os espaços, onde eles vão poder mostrar  a sua arte? Além disso,  as obras artísticas  vão dar outra cara ao bairro, muito mais alegre e bonita”. Contato direto com a arte Segundo a idealizadora do TAU Gisele Milagre, “a ideia é que a gente consiga colocar as pessoas em contato direto com o processo de realização das obras, atravessando seu cotidiano de forma que o transeunte possa valorizar ainda mais os trabalhos dos artistas e suas obras durante quase todo o mês de agosto. “O objetivo é proporcionar ao transeunte uma experiência inusitada com a arte e o urbano no cotidiano da cidade. Desenvolver um projeto de arte urbana em Santa Tereza é também revelar histórias ainda não contadas, criar ficções, valorizar e trazer reflexões sobre a arte urbana. A ideia é que a obra, o criador e o público mantenham uma conexão harmônica e enriquecedora durante o evento”, explica a curadora convidada do projeto, Marcela Yoko.  Programação Atividades paralelas  No MIS Cine Santa Tereza Roda de Conversa: “A cidade se preparando para a arte urbana: impasses legislativos e novas configurações”. Desta atividade participam com Michele Arroyo (IEPHA), Yuri Mello (Diretoria de Patrimônio Cultural – FMC), Juliana Mont’Alverne e Janaína Cruz (Cura) e Pedro Carais (Museu de Rua). Dia 25, quarta-feira, de 19h30 às 21h.  Mostra de Filmes de Arte Urbana Durante a semana serão exibidos os seguintes filmes: Residência Sarandira (Fernando Biagioni | Brasil | 2018 | Documentário | 28 min)  e bate papo sobre o filme. Dia 24, terça-feira, 19h30. Entrada franca –  Do Outro Lado do Muro (Marcio Rodrigues da Silva | Brasil | 2010 | Ficção | 20 min) Dia 25, quarta-feira, às 19h30. Entrada franca A Batalha do Passinho (Emílio Domingos | Brasil | 2013 | Documentário | 72 min) Dia 26, quinta-feira, às 19h30. Exposição na Galeria Mama Cadela A galeria fica à Rua Pouso Alegre,  Dia 28 de 18h às 00h Curso Pedalando pelos Muros No encerramento no dia 28 de julho, pelas ruas da cidade indo até o bairro Santa Tereza, o TAU conta com a Edição especial do curso “Pedalando Pelos Muros” do Instituto Amado. É uma visita guiada com público espontâneo, que vai até a Praça Joaquim Ferreira da Luz, onde os artistas do muro do metrô finalizam seus trabalhos. Encerramento na Praça Joaquim Ferreira da Luz Enquanto os artistas finalizam seus trabalhos no muro do metrô, haverá música e espaço com alimentação. Serviço TAU – Território Arte Urbana Local: Bairro Santa Tereza, BH (Praça Duque de Caxias, Ruas Mármore, Divinópolis, Silvianópolis e Praça Joaquim Ferreira da Luz) Execução das obras: 24 a 28 de julho Mostra aberta ao público: 28 de julho a 19 de agosto Encerramento: 28 de julho, das 14h às 18h, na Praça Joaquim Ferreira da Luz Realização: mercê, soluções culturais Mais informações no site:www.territorioarteurbana.com.br    

Anúncios