Logo

Festa Portuguesa em Belo Horizonte

Festa Portuguesa em Belo Horizonte une a cultural de Portugal e Minas Gerais

Para celebrar o Dia de Portugal no Brasil, o Dia de Camões e estreitar ainda mais as relações entre brasileiros e luso-descendentes na cidade, a Câmara Portuguesa de Minas Gerais realiza a 8ª edição da Festa Portuguesa, no dia 16 de junho, no entorno do Museu Histórico Abílio Barreto. O evento inclui atrações gastronômicas e artísticas que reforçam a interação entre as culturas, e este ano traz diversas novidades. A curadoria gastronômica da Festa Portuguesa 2018 é realizada pelo chef Edson Puiati, da disciplina de Gastronomia da UNA, que também comanda o estande Gastro UNA no evento. Os restaurantes participantes levam ao público a legítima gastronomia portuguesa, mas são convidados a dar um toque brasileiro nas receitas. Dos nomes já confirmados estão os restaurantes: Caravela, Tugas, Taberna Baltazar, Thiago Lima & Renato Lobato, Armazém Medeiros, Verde Gaio, Restaurante do Porto e o restaurante Paladino, convidado do ano, que apresenta pratos com fusão das culinárias mineira e portuguesa. Também estão confirmadas quatro docerias: Doceria Baltazar, Doces de Portugal, Sorvete Artesanal Alento e Casa di Maria. Serão diversos rótulos de vinhos portugueses, bolinhos de bacalhau, pasteis de nata, alheiras, sardinhas assadas, frango no churrasco, entre outras das receitas mais famosas da terrinha. Um concurso gastronômico leva os participantes a capricharem ainda mais, pois estarão concorrendo a “Melhor Entrada”, “Melhor Prato Principal”, “Melhor Sobremesa” e “Melhor Prato Fusão Minas Portugal”. O evento conta também com o Show Cooking, no qual dois chefs e um doceiro português ensinam como preparar alguns dos pratos e doces portugueses mais apreciados. “Há 30 anos, os portugueses que viviam em BH comemoravam o Dia de Portugal no Brasil – 10 de junho – na Praça Marília de Dirceu, onde está localizado o busto de Camões. Reforçando essa tradição, a Festa desperta o interesse do público por meio da cultura, música e gastronomia. A expectativa para qualquer festa de rua é muito grande, este ano esperamos 40 mil pessoas circulando ao longo do dia, para isso pensamos numa estrutura que traga a comodidade das pessoas e garanta um deslocamento tranquilo entre os espaços”, conta Carlos Alberto, vice-presidente da Câmara Portuguesa. A Festa Portuguesa 2018 terá seu espaço ampliado, com duas praças – a área externa do Museu Histórico Abílio Barreto e a Praça Prof. Godoy Betônico; dois palcos e uma área infantil com picnic, em localização privilegiada e arborizada. A nova identidade visual, mais moderna e inspirada nas Festas de Lisboa, também contribui para o clima agradável do evento. Programação O grande destaque é a DJ Joana Hasse, portuguesa que vive há 13 anos em São Paulo e aporta em Belo Horizonte especialmente para o evento. O DNA português também permeia outras atrações. Reconhecida como a única fadista mineira, a cantora e instrumentista Sonia Gargiulo promete emocionar a plateia do palco principal com algumas das canções do gênero mais popular no país dos gajos. Ela será acompanhada pelo instrumentista Nadilson Assunção, responsável pelos arranjos musicais. Na sequência, a banda Charanga Pop, liderada pelo trompetista João Vianna, vai acrescentar ao repertório releituras dançantes de temas tradicionais da música portuguesa, seguida da apresentação de um grupo folclórico. Já o quarteto Flaming Boys – formado por Marcio Perez (guitarra e voz), Caio Valente (baixo), Pedrinho Moreira (bateria) e Walner Lucas (teclado) – tem uma pegada de blues universal, com repertório de nomes como Joe Cocker, Prince e Eric Clapton. A noite se encerra com a DJ portuguesa Joana Hasse, famosa por animar festas paulistas, como as do hotel Tivoli e do clube D-edge. Na pista do palco principal, ela irá trazer um som repleto de influências de bossa nova, pop, rhythm and blues e house. Nos intervalos das apresentações, a festa será animada pela mescla de rock, soul, jazz e pop da DJ Aída, figurinha carimbada em eventos como o Festival Cultura e Gastronomia de Tiradentes, o Inhotim Noite Aberta e o Festival da Gentileza. O palco “Acústico”, por sua vez, terá atrações como a Banda da Polícia Militar de Minas Gerais, o Grupo de Poesia da Faculdade de Letras da UFMG e o Coral Luís de Camões. A programação ainda inclui o quarteto instrumental Choro por Elas, que reúne as musicistas Luísa Mitre (piano), Marcela Nunes (flauta), Nath Rodrigues (violino) e Natália Mitre (pandeiro); e o grupo instrumental Dom Preto, conhecido nos bares e botequins de Belo Horizonte. Paralelamente às atrações musicais, o artista plástico lisboeta David Arranhado traz para a festa o projeto “A vida é andar”, uma espécie de ateliê móvel, itinerante e coletivo, com exposições performáticas, pinturas murais e oficinas. Para os pequenos, a Cia. Circunstância apresenta números de circo, música e teatro de rua. Tudo entremeado pela linguagem dos palhaços. Entrada gratuita. academiamineiradeletras.org.br SERVIÇO: Festa Portuguesa 2018 Data/horário: 16 de junho, das 10h às 22h Local: Entorno do Museu Histórico Abílio Barreto: Rua Bernardo Mascarenhas, Rua Josafá Belo, Rua Ten. Renato César, Área externa do Museu Histórico Abílio Barreto Praça Prof Godoy Betônico (NOVO ESPAÇO) Entrada Gratuita com doação opcional de agasalho, alimento não-perecível, livro e material escolar. Haverá pontos de coleta nas entradas da festa. Informações:www.camaraportuguesamg.com.br

Anúncios