Festa dos Pretos-Velhos na praça 13 de maio - Santa Tereza Tem
Logo

Festa dos Pretos-Velhos na praça 13 de maio

Festa dos Pretos-Velhos, na Praça 13 de maio, no bairro da Graça, em BH

O dia 13 de maio é uma data significativa para os negros brasileiros, pois é o dia da Libertação dos Escravos e Dia de Nossa Senhora do Rosário. É também comemorado pela Umbanda o Dia dos Pretos-Velhos. Assim, para comemorar as datas,  no dia 13 de maio, próximo sábado, acontecerá a já tradicional festa dos pretos-velhos, na Praça 13 de maio no bairro da Graça, a partir das 18h30 horas.

festa preto

Festa dos Pretos-Velhos em 2015 Crédito da foto: Ramon César Silva

Além de celebrar a libertação dos escravos, a festa é uma homenagem aos Pretos-Velhos, guias espirituais da Umbanda, e uma oportunidade de alertar para as agressões que as religiões de matriz africana vêm sofrendo com a intolerância.

As atividades começam com capoeira e samba de roda e durante todo o tempo barraquinhas irão vender comidas e bebidas vão estar lá também. Em seguida, haverá o ritual completo de Umbanda, com incensos, pemba, orações e pontos cantados. No final, haverá a distribuição gratuita de comidas típicas dos pretos-velhos, como broas, feijão tropeiro, arroz carreteiro, canjica, etc. E quem se interessar poderá tomar um passe e conversar com um preto-velho de um dos terreiros de Umbanda que vão estar lá presentes. Sempre participam três terreiros de Umbanda.

festa preto veioTradicional encontro dos centros de Umbanda, o evento recria no espaço público o mesmo ritual das casas espíritas. É uma chance de vivenciar o universo umbandista, com passes, cantigas, orações, incensos e comidas típicas, ao som dos atabaques.  A iniciativa é do centro de Umbanda “Casa de Caridade Pai Jacob do Oriente”, casa que este ano completa 50 anos de atividade. O evento acontece há 38 anos e é muito aguardado pela comunidade umbandista mineira. Pelo terceiro ano consecutivo, os organizadores assumiram com a vizinhança o compromisso de limpar a praça antes e depois da festa, uma vez que são usadas velas e flores para enfeitar o local. Centros de Umbanda se reunirão nesse espaço recebendo o público com atabaques, incensos, cantigas, orações, comidas típicas e passes. A iniciativa é do centro de Umbanda “Casa de Caridade Pai Jacó do Oriente”. O evento acontece há 37 anos e é muito aguardado pela comunidade umbandista mineira. “Queremos mostrar que respeitamos os moradores do entorno da Praça 13 de Maio. Os centros sérios preservam o meio ambiente e mantém uma boa relação com as comunidades onde estão”, explica o presidente da Casa de Caridade Pai Jacob do Oriente, Ricardo de Moura. A casa Pai Jacob do Oriente levará broas de fubá e feijão tropeiro, comidas que os pretos-velhos apreciam. “Queremos divulgar a expressão de nossa religiosidade e cultura, quebrando preconceitos”, diz Ricardo de Moura. Os preparativos para a festa serão na sexta-feira à noite, quando haverá a limpeza da praça feita pelos organizadores.  Congado no Concórdia  Durante todo o mês de maio está acontecendo no bairro Concórdia, em BH, a passagem de Congados, pois na Concórdia fica o congado mais antigo e tradicional de BH, e também o Boi da Manta, outra festa tradicional negra, em que uma pessoa sai vestida de boi pelas ruas do bairro, acompanhada de grande alegria e folia da população, com músicas e brincadeiras com o boi. 13 de maio O dia dos Pretos-Velhos é comemorado em 13 de maio, por ser dia de Nossa Senhora do Rosário e dia da Libertação dos Escravos. Muitos dos Pretos-Velhos que trabalham na Umbanda hoje foram escravos quando encarnados no Brasil, e daí a ligação desses espíritos com a luta pela libertação do povo negro.  

Anúncios